Blogia
A Comunicação Organizacional e os Recursos Humanos

Como os Nossos Empregos Vão Mudar

Fixe este nome: flexigurança. Será a próxima guerra entre Governos e sindicatos. E representa o fim do trabalho, como o conhecemos.

http://visaoonline.clix.pt/default.asp?SqlPage=Publication Poul Rasmussen o pai da "flexigurança"é o actual dirigente máximo do Partido Socialista Europeu defende que o caminho para a esquerda europeia que governa é uma «combinação de flexibilidade» no trabalho com uma «nova segurança social». Chama-lhe «o novo new-deal».

O Livro Verde sobre Leis do Trabalho foi aprovado pelo Parlamento Europeu, este documento,consagra pela primeira vez na União Europeia, o conceito de flexigurança: «Enquanto a flexibilidade é um factor certo, é necessário assegurar um certo nível de segurança dos trabalhadores que lhes permita a adaptação às mudanças» defende a UE.

António Dornelas, sociólogo do ISCTE comenta «É o melhor  modelo de mobilidade que conheço»; «as transições entre formas de emprego e desemprego são mais suaves»; «você vai mudar, ainda assim, menos vezes de profissão do que de emprego. Mas vai ter de mudar algumas vezes durante a vida. Vai ser trabalhador por conta de outrem, a tempo inteiro; vai tirar anos sabáticos; vai ter part-times; vai acumular actividades»

0 comentarios

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres