Blogia
A Comunicação Organizacional e os Recursos Humanos

Ecogestão para um futuro sustentável

"Em Fevereiro de 1990, a revista Fortune publicava uma reportagem dedicada à "nova cruzada ambientalista". A peça começava com uma previsão: "Os anos 90 serão a década da Terra e o ambientalismo será um movimento de enorme força em todo o mundo." Acrescentava um perito que o ambiente seria a mais importante questão para o mundo dos negócios.

Como é habitual, a previsão falhou. Mas a preocupação com o ambiente não diminuiu. Os problemas, pelo contrário, agravaram-se.

Não passa aliás um dia sem que sejamos confrontados com alguma má notícia da frente ambiental. Aquecimento global, extinção do atum e do bacalhau, degelo dos glaciares. A lista seria interminável. Dir-se-ia que o mercado das ideias começa a ficar maduro para a reflexão séria sobre uma mudança de paradigma no campo da gestão

A economia industrial, do carbono, vai dando lugar a uma economia pós- -industrial, de baixo carbono.

Os contornos da gestão nesta nova economia são imprevisíveis, mas algum trabalho foi dedicado ao tema. Algumas das mais interessante análises foram apresentadas por Paul Shrivastava, professor da Universidade de Bucknell.

Um resumo das suas ideias é apresentado no quadro em anexo, que contrasta a gestão tradicional com um paradigma ecocêntrico alternativo. (...)".

Miguel Pina e Cunha  Director de MBA da Universidade Nova de Lisboa

0 comentarios

¿Y esta publicidad? Puedes eliminarla si quieres